Anselmo Ralph: “Cometi erros com a gestão do meu dinheiro “

0

“Houve época em que queria apenas conduzir carros luxuosos”.

Numa entrevista concedida ao jornal de Angola, o músico angolano que se encontra numa fase promocional do seu próximo trabalho discográfico intitulado “Momentos” explicou vários detalhes da sua estrondosa carreira musical admitindo que cometeu alguns erros de gestão.

“Realmente, ganhei muito dinheiro, não posso negar. Tudo o que conquistei até hoje foi pelos bons contratos e espectáculos realizados no País e no estrangeiro. Também já cometi muitos erros na gestão das minhas finanças. Tenho procurado aplicar parte desse dinheiro em projectos”, explicou.

Estou a construir um espaço multiuso com uma sala de espectáculo moderna no País, que deve ser inaugurada em Maio. São estes e outros projectos, nos quais tenho feito grandes investimentos. Estou a preparar a minha reforma e de outros músicos. São projectos inclusivos, que vão permitir dar emprego a muitos jovens. Quero um dia ser visto como alguém que contribuiu para o desenvolvimento e crescimento do País. 

“Há dois anos, comecei a ganhar consciência dos meus erros. Tive dinheiro para fazer o dobro das coisas em que estou a investir. Temos que saber reconhecer as nossas falhas. Um dos meus defeitos é nunca ter tido uma educação financeira. Sou muito sonhador e impulsivo, o que, por vezes, tem atrapalhado os meus projectos”, admitindo que a Mulher Madlecine tem sido importantíssima para essa mudança de atitude.

Hoje, já posso afirmar que os músicos angolanos conseguem viver da música. A questão é como viver dos rendimentos provenientes da actividade artística. O que se passa, às vezes, é querer levar uma vida igual à dos cantores internacionais bem-sucedidos. Também já cometi erros ao imitá-los. Queremos imitar o estilo de vida dos americanos. Houve época em que queria apenas conduzir carros luxuosos. A viver da música desta maneira ainda são poucos no nosso mercado, comparativamente a outras realidades mundiais. É possível vivermos da música, se quisermos levar uma vida tranquila, como pessoas normais. Existem músicos que, por mês, ganham salários de directores e gestores bem posicionados no País. Falo por experiência própria. Há cantores que já fazem 500 mil kwanzas por mês. Também reconheço que o artista tem muitos gastos com a própria imagem e produção. Não é fácil manter essa posição, porque sofremos muita pressão da sociedade. Se não soubermos lidar com essa pressão, corremos o risco de cometer muitos erros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui